27 julho 2011

O Poder dos Relacionamentos


Vivemos na era dos relacionamentos. Tanto isso é verdade que 97% das vagas de emprego que existem no Brasil são preenchidas por indicação. 

  
O famoso (QI), Quem indicou. 

Na área afetiva temos os mesmos resultados. Sempre existe um amigo com vocação de cupido auxiliando os “encalhados”.

Saber se relacionar é uma arte, e uma das competências mais exigidas no mercado de trabalho. As pessoas conseguem empregos pelo conhecimento técnico, porém só consegue promoções os que possuem maior habilidade em lidar com as pessoas.

Entender as pessoas sempre foi um dos maiores desafios da vida. Francis Bacon definiu que “O comportamento é o vestido do espírito e deve ter as características deste”. Precisamos estar mais atento ao comportamento das pessoas para podermos entender a sua essência. 

As pessoas são diferentes uma das outras; os valores, as percepções, os hábitos e a maneira de se relacionar. Entenda e aceite as pessoas como elas são. Não tente mudar os outros, mude a maneira de vê-las.

Aumente o seu magnetismo pessoal para colher oportunidades, amizades e manter as pessoas queridas próximas. Para isso, seguem algumas preciosas dicas:

1. Tenha cuidado com a sua comunicação
A comunicação é à base de relacionamentos. Comunicação não é o que você fala, mas sim o que o outro entende. 

2. Seja extrovertido
Não tenha medo de não ser aceito. Converse com todas as pessoas que encontrar com educação e cordialidade. Aproveite para cumprimentar desde o vigia do prédio, os vizinhos no elevador, a pessoa que estiver na mesma fila do supermercado.

3. Só fale coisas boas.
Ninguém gosta de conversar com quem só reclama da vida ou conta detalhes de doenças e tragédias. 

Por pior que esteja uma situação, comente somente o que tiver de bom. Se não tiver nada de bom, mude de assunto. 

Fique longe de fofocas e intrigas. Na vida dos relacionamentos existem os “paredões do BBB” invisíveis.

4. Aprenda a incluir os outros na conversa
Seja agradável, de modo que seja prazeroso estar ao seu lado. Esforce-se ao máximo para lembrar de nomes e informações pessoais; se cometer algum engano não disfarce, peça desculpas e siga em frente.

5. Não guarde ressentimentos e mágoas
Shakespeare dizia que guardar ressentimento de alguém é o mesmo que tomar veneno esperando que o outro morra.

6. Responda aos e-mails e telefonemas recebidos. 
Jamais use a desculpa “não tive tempo”; pois significam desatenção.

7. Esteja aberto às críticas e opiniões alheias
Assista ao filme “Do que as mulheres gostam” e entenda a importância de saber receber feedbacks. Poucos são os que preferem ser salvo pela crítica verdadeira que arruinados pelo elogio vazio.

8. Fique atenta a oportunidade de elogiar alguém que mereça, de expressar simpatia.
As pessoas gostam de se sentirem especiais e únicas.

9. Quando tiver problemas de relacionamento com alguém, o mais adequado é falar diretamente com essa pessoa, diga a ela o que você sente quando ela faz tal atitude. S
empre fale da ação, nunca do indivíduo.

10. Principalmente, SORRIA
Um sorriso aberto faz com que você se destaque, pois transmite interesse caloroso por aqueles que você encontra. Mas não exagere para não parecer bajulador.

Pesquisadores acreditam que 70% da felicidade pessoal é gerada pelas nossas relações com amigos, familiares, vizinhos e colegas de trabalho. Quem sabe se relacionar tende a sentir-se quatro vezes mais feliz a seu respeito.

Viva a arte de se relacionar!


Recebido por email, conforme visto em: http://wglucchesi.blogspot.com/2011/05/o-poder-dos-relacionamentos.html
Postar um comentário