26 julho 2011

Pura verdade

“TODOS PELA EDUCAÇÃO” É o que está no site do MEC, mas é verdade???. 


Vejamos essa história

O garoto termina o segundo grau (Ensino Médio) e não tem vontade de fazer uma faculdade.

O pai dele, Zé, meio mão de ferro e muito ético, dá um apertão:

PAI: - “Ahh, não quer estudar? Bem, perfeito. Vadio dentro de casa eu não mantenho, então vai trabalhar...”

O pai, que tem muitos amigos, fala com um deles, que fala com outro até que ele consegue uma audiência com um político que foi seu colega lá na época de muito tempo atrás:

PAI: -“ Deputado!!!! Meu velho amigo!!! Tu te lembras do meu filho? Pois é, terminou o segundo grau e anda meio à toa, não quer estudar. Será que tu consegues algo no nível dos estudos dele, pro rapaz não ficar em casa vagabundando?”

Passou 3 dias, e o Deputado liga:

DEPUTADO: - “Zé, já tenho uma vaga, que tal Assessor na Comissão de Educação no Congresso, R$ 13.700,00 por mês, prá começar, aceita?”
PAI: - “Tu tá loco!!!!! O guri recém terminou o colégio, não vai querer estudar mais, consegue algo mais abaixo?? Pode ser?”
Passou 2 dias, o deputado ligou:
DEPUTADO “- Zé, arrumei de secretário de um deputado, salário modesto, R$ 9.800,00, tá bom assim?”
PAI: - “Nãooooo!!!, Deputado, algo com um salário menor, eu quero que o guri tenha vontade de estudar depois. Consegue outra coisa?”
DEPUTADO – “Zé, não sei se ele vai aceitar, mas tem um de assessor da câmara, que é só de R$.6.500,00”
PAI: - “Não, não ainda é muito, aí que ele não estuda mais mesmo..”
DEPUTADO: - “Olha Zé, a única coisa que eu posso conseguir é um carguinho de ajudante de arquivo, alguma coisa de informática, mas aí o salário é uma merreca, R$ 3.800,00 por mês e nada mais....”
PAI: - “Querido Deputado, isso não, por favor, alguma coisa entre 540,00 a 1.000,00 e no máximo 1.500,00”
DEPUTADO: - “Isso é impossível Zé!”
PAI: - “ Mas, por quê?”
DEPUTADO: - “PORQUE ESSES VALORES SÃO DE CONCURSO PARA CARGOS DE PROFESSOR, E PRECISA TER CURSO SUPERIOR, MESTRADO, DOUTORADO, OU SER BOMBEIRO NO RIO, É MUITO DIFÍCIL MESMO!” 


Autor desconhecido mas de PURA REALIDADE.


Postar um comentário