20 fevereiro 2011

Revista Época - A plantadora de agrovilas [Amigos do Bem]

Bom, já comentei aqui sobre a ONG Amigos do Bem, a matéria abaixo está disponível no site da Evoca (link abaixo).


Uma empresária paulista constrói “cidades do bem” no Nordeste para gerar emprego e renda. Com elas, muda a vida de milhares de famílias
TRANSFORMAÇÃO

Alcione e as crianças da agrovila construída na Serra do Catimbau, acima. Abaixo, Silva e Helena na sala da casa em que vivem com os filhos. “Agora eu tenho fogão e geladeira”, diz ela

Em 2004, a empresária paulista Alcione de Albanesi passava pela Serra do Catimbau, em Pernambuco, quando deu de cara com uma fazenda com 548 hectares de terras improdutivas. Ao explorar a propriedade, Alcione bateu à porta da primeira casa que viu e perguntou pelo dono do terreno. Ao ouvir que as terras não estavam à venda, insistiu. “Eu queria construir uma cidade naquele terreno”, diz ela. O projeto, nascido de uma inspiração súbita, deu certo. Atualmente, 600 pessoas vivem na nova “cidade” – uma agrovila que produz 100 toneladas de caju por ano. A usina de beneficiamento da castanha, inaugurada em novembro do ano passado, mudou ainda mais a vida dos moradores da região do Catimbau, oferecendo emprego e renda.
Veja a matéria na integra, clicando aqui.
Postar um comentário